Protocolo RSI

A equipa de protocolo RSI desenvolve ações no âmbito do acompanhamento a famílias em situação de vulnerabilidade social.


Quem faz:

No âmbito da medida de rendimento social de inserção e através de um protocolo celebrado com o CDSS Setúbal, o CRIVA Constituiu uma equipa composta por 4 técnicos das áreas das ciências sociais e humanas e 6 ajudantes familiares.

A equipa técnica é constituída por profissionais habilitados a desenvolver uma intervenção direta junto das famílias, naquilo que são as competências pessoais, sociais, designadamente na gestão doméstica, das atividades da vida quotidiana, ou seja, no treino e desenvolvimento dos domínios que se apresentam como vulnerabilidades e que exijam uma intervenção de cariz prático.

 

Como fazemos:

Através da celebração deste protocolo, a equipa de protocolo RSI desenvolve as seguintes ações no âmbito do acompanhamento de famílias vulneráveis:

  • elaboração de informações sociais;
  • visitas domiciliárias;
  • diagnósticos sociais;
  • negociação e elaboração de contratos de inserção;
  • acompanhamento das ações que integram o programa de inserção.

Como pode ter este serviço:

Apresentação de requerimento próprio (mod. Rsi 1/2019- dgss – requerimento rendimento social de inserção/requerimento inicial) nos serviços de atendimento da segurança social.

Posteriormente á fase da instrução o processo rsi da família será transferido para a equipa de protocolo rsi para e em conjunto celebrarem e assinarem um contrato de inserção, do qual possa constar um conjunto de deveres e direitos, com vista à sua integração social e profissional.

 


Contatos:

Equipa protocolo RSI

Tel: 212039198

Tlm: 936992954

E-mail: rsi@criva.pt

Espaço de atendimento social às famílias

União das Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira (antigas instalações da junta de freguesia do Vale de Amoreira)

2.ª feiras - 9h15 às 12h15

3.ª feira a 6.ª- feiras - 9h15 às 12h15 e 14h15 às 16h30